Como preparar o cardápio do bebê de 6 meses

chá_de_gravidez_cardápio_bebê_de_6_meses

Logo no início da introdução alimentar o cardápio do bebê de 6 meses deve ser variado

Ao seis meses de idade, inicia-se a introdução alimentar. É nesse momento que o bebê deixa de ser apenas amamentado e passa também a ingerir outros alimentos sólidos. Com isso, também aparecem diversas dúvidas nas mamães. Afinal, é importante criar hábitos alimentares saudáveis desde cedo e, por isso, deve-se montar um bom cardápio para o bebê de 6 meses. 

Então, separamos as principais dicas de introdução alimentar para os pequenos que começam a conhecer o novo mundo dos alimentos. Confira:

Um ingrediente por vez

A primeira orientação é oferecer um alimento por vez. Dessa forma, o bebê aprenderá melhor os gostos e texturas de cada ingrediente.

Além disso, se algum causar alergia ou problemas digestivos, ficará mais fácil identificar qual foi e evitá-lo. 

Cardápio do bebê de 6 meses com frutas
A frutas costumam ser os primeiros alimentos da introdução alimentar

Frutas

As frutas são o grupo alimentar mais comum para o início da introdução alimentar. Por serem doces como o leite materno, elas têm boa aceitação entre os pequenos. Ademais, também são práticas, pois podem ser oferecidas na papinha, como purê ou em pedaços no método BLW

Isso tudo sem esquecer que as frutas são ricas em nutrientes e estes auxiliam no bom funcionamento do organismo e no desenvolvimento do bebê de 6 meses. 

No entanto, é preciso ter cuidados com algumas frutas que possuem mais riscos de causar alergia alimentar. São elas: kiwi, morango, melão, pêssego, amora e banana.

Legumes no cardápio do bebê de 6 meses

Apesar das frutas serem os principais alimentos para os primeiros dias de introdução alimentar, não se deve demorar muito para oferecer outros ingredientes, como os legumes.

A maioria deles é liberada para o consumo do bebê de 6 meses. Eles acrescentarão mais nutriente à rotina alimentar do pequeno e podem ser combinados com verduras, folhas, cereais e até mesmo com as frutas. 

Sopas

Uma outra forma de variar o cardápio do bebê de 6 meses é com as sopas. Elas são opções rápidas e práticas para as mamães e papais cozinharem e oferecem uma grande variedade de nutrientes para o pequeno. 

Os temperos para as papinhas do bebê de 6 meses

Desde o começo da introdução alimentar até a criança completar dois anos de idade, o mais recomendado é utilizar temperos naturais. Entre eles estão a cebola, orégano, sal, cebolinha, salsinha e manjericão.

Açúcar e adoçantes são completamente proibidos. Já o sal deve ser evitado ao máximo. Enquanto o mel, o ideal é oferecê-lo apenas depois do primeiro aniversário do bebê, pois há riscos de que esse alimento tenha contaminações. 

Como dividir o cardápio do bebê 

Primeiramente, é importante entender que até completar um ano de vida, a alimentação da criança ainda terá como base o leite (materno ou em fórmula). Por isso, é normal que os pequenos não comam muito nessa fase. O objetivo principal, portanto, é fazê-los conhecer os novos alimentos.

Então, a introdução alimentar se inicia com uma papinha de legumes no almoço e duas de frutas no decorrer do dia. Nos demais horários, o bebê mama. Com o passar do tempo, acrescenta-se outra refeição salgada no horário da janta. 

Por fim, lembre-se de buscar ajudar com o pediatra e/ou nutricionista. Esses especialistas saberão o que é melhor para a condição de saúde do seu bebê. 

Agora, conte qual é a sua opinião sobre o nosso conteúdo. Também compartilhe esse material com as amigas que são mamães.

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *