Aprenda como congelar papinha de bebê

carrot soup
topntp26

Ao congelar a papinha de bebê da maneira correta, os nutrientes são mantidos e evita-se contaminações

Preparar papinha de bebê caseira é essencial para uma boa introdução alimentar e, consequentemente, a manutenção da saúde do pequeno. Contudo, muitas vezes a correria do cotidiano não permite que as refeições sejam cozinhadas todos os dias e, assim, torna-se necessário congelar as papinhas.

Com alguns cuidados, as papinhas podem manter seus nutrientes mesmo congeladas. Além disso, também é preciso ter atenção quanto à contaminação com bactérias.

Assim, para que seu filho não tenha problemas, separamos algumas dicas de como congelar a papinha de bebê. Confira:

Gelos para papinha de bebê

O primeiro passo para congelar a papinha de bebê é já ter alguns cubos de gelo prontos. Logo que a panela com a papinha sair do fogo, coloque-a na bacia com os gelos. Então, mexa até que a refeição esteja em temperatura ambiente.

Essa medida é chamada de “choque térmico” e é ela que permite que os nutrientes sejam conservados.

Potes de vidro ou plástico para armazenar a papinha de bebê

Quando a comida do seu pequeno já estiver em temperatura ambiente, você pode armazená-la em potes de vidro ou plástico.

Contudo, caso opte por guardar em vidros, não os encha até a tampa, pois o volume ao ser congelado aumenta e, dessa forma, pode estourar a vasilha.

Mesmo para os potes de plástico, a orientação é também congelar a papinha de bebê em porções individuais.

Além disso, é recomendado ainda colocar etiquetas nos potes para que você saiba quando a papinha foi feita. Afinal, não é bom deixar a refeição congelada por mais de um mês.

Por fim, guarde as embalagens no freezer uma ao lado da outra. Isso para que o ar passe entre elas e, dessa forma, ocorra o congelamento por inteiro do pote.

Para congelar a papinha de bebê, use potes de vidro ou plástico

Freezer ou congelador para a papinha de bebê?

Sim, há diferenças entre freezer e congelador. O primeiro pode atingir temperaturas de até 25 graus negativos e, para que a papinha de bebê conserve seus nutrientes, é necessário que ela permaneça em 18 graus negativos, no mínimo.

Já o congelador atinge somente a temperatura mínima de 10 graus negativos. Portanto, o ideal é conservar as refeições em um freezer.

Para descongelar a papinha de bebê

Descongelar a papinha de bebê também requer alguns cuidados. Primeiramente, não deixe que a refeição descongele em temperatura ambiente, pois o risco de contaminação por bactérias é maior.

Assim, as formas corretas de descongelamento é pela geladeira (na prateleira mais baixa) ou no fogão, por banho maria.

O que não fazer

Não congele duas vezes a mesma papinha de bebê. Também não guarde a quantidade que sobrou no prato, pois o contato com a saliva causa a contaminação do alimento. Para finalizar, não deixe a papinha, que já foi descongelada, por mais de 24 horas na geladeira.

O que achou das instruções? Deixe seu comentário aqui! Também nos siga nas redes sociais para ficar por dentro de tudo do mundo da maternidade.


0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *