3 dicas de como desmamar o bebê

Como desmamar o bebê

Táticas simples são formas de como desmamar o bebê

Assim como a amamentação, o desmame também é uma fase importante no desenvolvimento da criança, mas que gera diversas dúvidas e angústias nas mamães. Afinal, existem vários métodos para essa etapa, mas nem todos são formas benéficas de como desmamar o bebê.

Porém, primeiro é importante entender que o fim do aleitamento deve ser feito apenas após a criança completar seis meses de idade. Entretanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a amamentação continue até, pelo menos, os dois anos de vida. 

Além disso, outro princípio essencial é fazer o desmame de forma gentil. Isto é, sem ser de maneira brusca. Dessa forma, o fim da amamentação se tornará um momento tranquilo para a mãe e para o bebê e, o mais importante, sem traumas. 

Por isso, conheça as três principais dicas de como desmamar o bebê.

Como desmamar o bebê - fazer acordos com a criança
Conversar com a criança deixa o desmame mais tranquilo

Faça acordos com a criança

Sim, por menor que seja, seu filho é capaz de entender as conversas que você tem com ele. Assim, explique que não poderá mais mamar tantas vezes como antes. Porém, faça acordos sobre em quais momentos ele ainda poderá ser amamentado.

Com isso, você pode diminuir as mamadas para apenas um ou duas ocasiões por dia e nos melhores horários para sua rotina. Também é válido determinar um tempo em que a amamentação irá começar e terminar, pode ser a duração de um desenho ou uma música, por exemplo.

Mais do que isso, escolha com a criança um único lugar em ela poderá mamar, como o quarto. Dessa forma, os pequenos costumam não querer deixar a brincadeira, por exemplo, para ir a outro lugar mamar.

Apoio da família é fundamental 

Um desmame bem sucedido é aquele em que toda a família se envolve e auxilia a mãe nesse momento. Isso porque, com o fim da amamentação, a criança tem mais tempo para outras atividades.

É aí que o pai, os avós e os tios entram. A função deles é distrair o pequeno para que ele não lembre ou deseje mamar novamente.

Ademais, conversar conversar com as amigas e outras mulheres da família que já tiveram filhos também é importante para a mamãe. A troca de experiência proporciona mais segurança e tranquilidade. 

Atitudes drásticas não são boas maneiras de como desmamar o bebê

Infelizmente, algumas mães recorrem a medidas bruscas para desmamar o bebê. Os motivos são vários: falta de tempo, pouca informação ou até mesmo os mitos que envolvem a maternidade. 

Assim, é comum ver casos de pessoas que passam pimenta e outros alimentos de gostos ruins nos seios, deixam a criança chorando ou ficam longe do filho para que ele não mame.

Contudo, deve-se lembrar que essas condutas apenas deixam a situação traumática para o bebê. Afinal, a amamentação é mais do que alimento, também é o vínculo e o aconchego com a mãe.

Por isso, a palavra-chave para o desmame é calma. Com paciência e de forma gradual, o pequeno irá parar de mamar. 

Caso você tenha alguma dúvida, não tenha vergonha de pedir ajuda para especialistas. Pediatras e nutricionistas podem dar diversas outras dicas sobre o assunto.

Agora, nos diga o que você achou do nosso conteúdo. Compartilhe ele com as amigas que também são mamães. 

Já conhece a nossa loja? É a Kid’s Brasil, o maior site de roupas importadas para bebês e crianças. Acesse: www.kidsbrasil.com.br  e confira nossos lindos modelos. 

1 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *