Quando o corrimento na gravidez é preocupante?

O corrimento na gravidez pode ser normal ou indicar algum sinal de perigo

Grávida deitada com a mão na barriga

Qualquer secreção de líquidos seja eles fluídos ou espessos pelo canal vaginal dá se o nome de corrimento genital (ou vaginal). Esta é uma queixa bem constante de muitas mulheres. Apresentar o corrimento na gravidez é normal, desde que tenha coloração transparente, clara ou esbranquiçada e não tenha nenhum cheiro.

A combinação de células mortas da vagina com as bactérias naturais da flora vaginal e da secreção de muco formam o corrimento genital, que tem como objetivo proteger o órgão de inflamações e infecções.

O corrimento na gravidez é mais comum devido ao aumento da produção de estrogênios (hormônios sexuais femininos) e da circulação sanguínea na região vaginal.

Cores do corrimento na gravidez

Calcinha com lantejoulas vermelhas simulando um corrimento na gravidez
Observe a coloração do corrimento e seu cheiro

Corrimento na gravidez marrom

Este corrimento bem semelhante a borra de café pode apresentar um tom avermelhado, pois indica a presença de sangue, que pode ter sido coagulado ou mesmo pode apontar para um possível sangramento.

Em alguns casos, ele acontece no começo da gravidez e muitas mulheres confundem com o início da menstruação.Mas, se acontecer durante o primeiro trimestre de gravidez, o corrimento na gravidez pode indicar o rompimento de algum vaso.

Em casos mais graves, o corrimento pode ser sintoma de um aborto ou gravidez ectópica. No caso de qualquer fluído com um tom mais avermelhado na gravidez, busque orientação médica.

Corrimento na gravidez amarelo e fétido

Um corrimento amarelo ou com tom esverdeado, com cheiro semelhante a peixe cru que provoca dor e coceira vaginal, além de ardência vaginal é bem preocupante.

Ele é um indicativo de uma infecção ginecológica durante a gravidez, que pode causar complicações como aborto e parto prematuro.

Corrimentos na gravidez perigosos

Como já vimos, corrimentos na gravidez com coloração amarela, esverdeada e fétida podem indicar algumas complicações dentre eles, candidíase, vaginose bacteriana e gonorreia.

Candidíase

A candidíase é uma infecção causada pelo fungo candida e causa sintomas como corrimento, coceira intensa na região vaginal e vermelhidão.

A doença precisa ser tratada o quanto antes para evitar que o bebê seja contaminado durante o parto. Para tanto procure seu médico a fim de que ele indique o tratamento adequado.

Vaginose bacteriana

A vaginose bacteriana é uma infecção que se manifesta na região genital, e é causada por bactérias como Gardnerella Vaginalis.

Ela é uma das causas mais comuns do corrimento e também da candidíase e provoca o desequilíbrio da flora vaginal. Assim como em qualquer outra doença, é essencial procurar o médico e iniciar o tratamento o mais rápido possível.

Gonorreia

A gonorreia é uma doença infectocontagiosa sexualmente transmissível causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae transmitida por um parceiro contaminado.

A enfermidade pode se manifestar até mesmo no período gestacional. Ao notar sintomas como corrimento amarelo, ardência ao urinar e incontinência, procure o médico que está acompanhando sua gravidez.

Prevenção

Mulher grávida de vestido, sentada em um parque, provavelmente fazendo pose para um ensaio fotográfico com uma cesta com girassóis e abacaxi ao lado
Usar roupas leves é essencial para o bem-estar da regiãon vaginal

Cuidados com a higiene íntima, uso de roupas que permitem a ventilação na área íntima  como por exemplo vestidos e saias, evitar o uso de calças justas por muito tempo, dormir sem calcinha e adotar ao sabonete neutro no banho são medidas que garantem o seu bem estar e da região genital. Sendo assim, ficará mais difícil a manifestação de infecções.  

Gostou do nosso conteúdo e que colaborar com a gente? Então, deixe seu comentário abaixo. Ah, e não esqueça de compartilhar o nosso conteúdo com outras mamães e futuras mamães que conhece!

11 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *