Conheça os cuidados necessários com a cicatriz da cesárea

Cicatriz da cesárea

É simples cuidar da cicatriz da cesárea, mas é preciso se prevenir de possíveis complicações

A cesárea é um dos tipos de parto mais comuns no Brasil. A cirurgia possui suas vantagens e desvantagens, mas como qualquer procedimento uma, requer cuidados no pós-operatório. O principal deles é com a cicatriz da cesárea, que fica situada na parte mais baixa da barriga. 

Afinal, são cortadas sete camadas de pele com uma extensão de 10 a 12 centímetros. Portanto, é necessário ter cautelas tanto com os pontos internos quanto com os externos. Contudo, novas técnicas deixam a situação mais confortável e segura para as mamães. 

Enquanto estão internadas, elas costumam ficar com curativos mais reforçados. Após o retorno para a casa, basta cobrir a cicatriz da cesárea com uma gaze e manter o local limpo e seco. Durante os banhos, usar somente água e sabão. 

Além disso, é importante ainda ficar atenta a alguns sinais que indicam que há uma infecção, como sangramento, secreção amarelada, inchaço, vermelhidão excessiva e febre. Nesses casos, deve-se buscar ajuda médica imediatamente.

Cicatriz da cesárea - retirada dos pontos
Após 10 dias do parto é necessário retirar os pontos da cirurgia

A retirada dos pontos

Cerca de 10 dias após o parto, é preciso retornar ao médico para retirar os pontos externos da cesárea. Já existem, todavia, alguns tipos de fio em que a retirada não é necessária.

Entretanto, depois dessa etapa ainda deve-se ter cuidado com os pontos internos. Por conta disso há o período de cerca de 40 dias em que a mulher ainda não pode fazer exercícios físicos ou movimentos bruscos. 

Ademais, mesmo que a pele pareça cicatrizada, também é recomendado ter atenção aos sinais de alerta mencionados anteriormente. 

Problemas mais comuns com a cicatriz da cesárea

Infelizmente, é normal que a mãe sinta um pouco de dor no corte durante o pós-parto. Esse incômodo pode aumentar quando a mulher se movimenta muito, pois ocorre uma maior produção de gases e, consequentemente, uma distensão abdominal e da pele. Por conta disso, há a recomendação de reduzir as atividades.

Outro problema comum é a já citada infecção. Ela acontece porque cada furo em que se passa um ponto é como uma “porta de entrada” para bactérias. No entanto, basta seguir as orientações de higiene básicas. 

Por último, existe a possibilidade de formação de queloides. Trata-se do crescimento excedente da pele, que deixa a cicatriz da cesárea com uma pior aparência. A causa está na genética, em que algumas pessoas possuem mais tendência para o aparecimento desse tipo de cicatriz e outras não. Todavia, o médico pode receitar pomadas para tentar evitar as queloides.

Assim, sempre relate ao especialista todos os seus sintomas após a cesárea. Ele saberá quando a situação representa algo normal ou não.

Também deixe suas dúvidas aqui nos comentários e logo iremos te ajudar. Para receber mais dicas do mundo da maternidade, nos siga nas redes sociais. 

Já conhece a nossa loja? É a Kid’s Brasil, o maior site de roupas importadas para bebês e crianças. Acesse: www.kidsbrasil.com.br  e confira nossos lindos modelos. 

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *