6 dicas para deixar a adaptação na creche mais tranquila

Adaptação na creche

Frequentar a creche é um passo importante para o desenvolvimento do bebê

O crescimento do bebê envolve diversos desafios. Um deles é a entrada na creche. Esse o momento gera medo e angústia, principalmente nos pais. Afinal, em muitos casos, é a primeira vez que eles ficam separados de seus pequenos.

Contudo, é fundamental entender que, por mais difícil que seja, a entrada na creche é importante para o desenvolvimento da criança. Com isso, ela ampliará seu convívio social e autonomia.

A boa notícia é que existem táticas para deixar o processo de adaptação mais tranquilo para todos. Confira:

Escolha uma creche em que confie

A primeira dica é fundamental: escolha um lugar em que você confie para colocar o seu bebê. Analise a estrutura física e veja se é segura para crianças. Observe as ações das cuidadoras, se elas são gentis e como interagem com os pequenos. Vale lembrar que o recomendado é um educador para cada cinco alunos.

Também cheque a rotina estabelecida no local e se ela se assemelha com o da sua casa. Por exemplo, os horários das refeições, sonecas e banhos. 

Além disso, caso seja possível, escolha uma creche próxima de casa ou do trabalho para que o deslocamento não seja tão exaustivo.

A adaptação é gradual

Logo na primeira vez deixar o bebê o dia inteiro na creche torna a experiência mais difícil para ele. Por isso, a orientação é começar aos poucos: pequenos períodos de tempo a cada dia até que ele fique no horário normal.

Ter alguém presente nos primeiros dias

Outra tática que ajuda nos primeiros dias na creche é ter alguém conhecido pelo bebê com ele. Na primeira vez, por exemplo, a mãe ou pai pode ficar com o filho por todo o período que ele estiver no local.

Nos dias seguintes, os avós, tios ou pessoas que a criança conheça podem aparecer por alguns momentos na creche para dar segurança a ela.

A adaptação na creche fica mais tranquila com um objeto conhecido junto
Ter um objeto conhecido junto deixa o bebê mais tranquilo

Deixe algum objeto conhecido com o bebê

Deixar um travesseiro, cobertor, brinquedo ou algum outro objeto conhecido pelo bebê com ele durante o dia na creche poderá o acalmar. Essa é uma forma de fazê-lo perceber que, apesar de estar longe dos pais, ele ainda tem um pedacinho de casa com ele.

Controle a emoção

Essa dica é a principal para os papais: tente controlar a emoção. Por mais medo e ansiedade que você sinta, procure demonstrar segurança e positividade ao bebê. Por menor que ela seja, ele irá perceber situações de estresse e ficará mais inseguro.

Vale também conversar com ele. Explique que ele ficará na creche por tal período de tempo, que conhecerá vários amiguinhos e que logo a mamãe ou o papai irá voltar.

Com um vínculo forte, a adaptação na creche fica mais fácil
O vínculo construído com os pais é um auxílio para a adaptação

Confie no vínculo criado

Desde o nascimento, o bebê cria um vínculo com os pais. Isso surge durante a amamentação, com os cuidados diários, com as brincadeiras e também com as conversas.

Portanto, confie que essa relação não será estremecida com a entrada na creche. Dessa forma, os adultos se sentirão mais seguros e, consequentemente, a criança também. 

Por fim, é interessante pedir recomendações para familiares e amigos que têm filhos e seguem a mesma linha de criação que você pratica. 

Caso você tenha alguma dúvida sobre esse assunto ou sugestão para o nosso material, deixe aqui nos comentários. Para ficar ainda mais por dentro do mundo da maternidade, nos siga nas redes sociais. 

Já conhece a nossa loja? É a Kid’s Brasil, o maior site de roupas importadas para bebês e crianças. Acesse: www.kidsbrasil.com.br  e confira nossos lindos modelos.

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *