Enxoval de bebê: avalie a qualidade das roupinhas

chá_de_gravidez_enxoval_de_bebê

Alguns detalhes do enxoval de bebê são essenciais para gerar conforto e segurança nos pequenos

Quando descobrem a gravidez, muitas mamães já começam a pensar no enxoval de bebê. Logo, elas se encantam com todas as opções disponíveis no mercado, cada uma mais fofa que a outra.

Contudo, para fazer compras que serão realmente úteis para o dia a dia com o bebê, alguns cuidados precisam ser tomados. O principal é se atentar à qualidade da roupinha do enxoval de bebê.

Entretanto, qualidade não representa apenas o quanto a peça irá durar, mas também o conforto e segurança que irá oferecer ao pequeno. Assim, os pilares que irão orientar as compras são: roupas práticas, confortáveis e seguras. Porém, isso não significa enxoval de bebê feio. Afinal, as marcas de roupas infantis já seguem condutas de segurança sem deixar o charme das pecinhas de lado.

Primeiramente, porém, é preciso saber o que comprar. Confira a lista do que não pode faltar no enxoval nos primeiros meses de vida do bebê:

O que o enxoval de bebê deve ter:

  • 6 bodies manga curta para recém-nascido;
  • 6 bodies manga curta para três meses;
  • 6 bodies manga longa para recém-nascido;
  • 6 bodies manga longa para três meses;
  • 6 macacões com pezinho e botões na frente;
  • 6 pares de meias;
  • 6 calças de algodão que combinam com os bodies;
  • 6 pares de meias recém-nascido;
  • 6 pares de meia para 3 meses;
  • 2 a 3 gorrinhos;
  • 2 pares de luvas.

Enxoval de bebê com qualidade

Com já dito anteriormente, a qualidade do enxoval de bebê é essencial para proporcionar segurança aos pequenos. Isso porque, logo que nascem, os bebês possuem peles muito finas e sensíveis à irritação e alergia. Além disso, ainda não conseguem regular sua temperatura. Assim, as mãozinhas e pezinhos são mais frios do que o resto do corpo, o que torna ainda mais importante o uso de luvas e meias.

Dessa forma, os tecidos das roupinhas do enxoval são os protagonistas no quesito qualidade. Opte por tecidos naturais, como o algodão e evite os sintéticos. Estes últimos são mais perigosos para causar irritações na pele do bebê.

Muitas aplicações e detalhes também podem causar problemas nos pequenos. Golas com muitas rendas, por exemplo, causam brotoejas nos pescoços, principalmente no calor.

Ademais, botões também são importantes para ter atenção. Eles não podem ficar nas costas, pois incomodam o bebê e são poucos práticos para as mamães. Prefira roupas que, com poucos botões, já se abrem. Zíperes também são úteis.

Por fim, aposte nos bodies no enxoval de bebê. Eles são práticos e fáceis de vestir. Acrescente-se a isso o fato de que eles são confortáveis para segurar o bebê, pois não sobem nos corpinhos deles.

Body é essencial no enxoval de bebê.
Body é uma que não pode faltar no enxoval de bebê. Na foto, um body GAP.

Dicas finais para enxoval de bebê

Apesar da ansiedade das mamães para comprar o enxoval de bebê, o mais orientado é que se espere até os cinco ou seis meses de gestação para que já se saiba o sexo. Contudo, também é interessante comprar algumas peças unissex, para que possam ser utilizadas em uma possível próxima gravidez.

Por último, muita atenção à estação do ano em que o bebê irá nascer. Dessa maneira, você saberá se precisa comprar mais peças para frio ou para o calor.

O que achou das nossas dicas? Deixe seu comentário aqui e também compartilhe com as amigas que são mamães.

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *