Gravidez de gêmeos: diferenças e cuidados necessários

Gravidez de gêmeos

A gravidez de gêmeos está sujeita a mais riscos, mas é possível vivê-la com saúde e tranquilidade

A gravidez de gêmeos é cheia de emoções conflitantes: alegria, preocupação e medo andam lado a lado. Afinal, o corpo humano é preparado para abrigar um bebê e nas gestações múltiplas há uma sobrecarga no organismo. Por isso, elas possuem mais riscos e sintomas.

As náuseas e os vômitos, comuns no primeiro trimestre, são mais fortes, por exemplo. Isso acontece por conta do maior nível do hormônio HCG. Já nas últimas semanas, o peso de dois bebês aumentam as dores nas costas e no quadril. 

No entanto, com cuidados adequados, é possível ter uma gravidez de gêmeos tranquila e saudável. Por isso, veja quais são os pontos a se ter mais atenção quando se espera dois filhos.

Pré-natal mais intenso

As grávidas costumam ter consultas mensais com o ginecologista/obstetra. Contudo, as futuras mamães precisam de um acompanhamento mais frequente e, assim, é normal se consultar duas vezes ao mês.

Além disso, exames como ultrassonografia e hemograma também são prescritos por mais vezes. 

Mais atenção com a pressão sanguínea e peso

O risco de desenvolver pré-eclâmpsia é maior na gravidez de gêmeos. O motivo disso está na existência de duas placentas ou de uma com tamanho maior. Então, as grávidas devem ficar mais atentas com a pressão sanguínea, pois seu aumento descontrolado é um indicador do problema.

Outro item a ser considerado é o peso. Recomenda-se que na gestação gemelar a mulher ganhe cerca de 15 quilos. Mais do que isso pode ser considerado sobrepeso, situação que também gera diversos problemas de saúde para a mãe e bebê, como a diabetes gestacional

Gravidez de gêmeos requer mais descanso
Grávidas de gêmeos precisam descansar mais

Menos atividades físicas na gravidez de gêmeos

Em gestações saudáveis as mulheres podem praticar atividades físicas leves. Entretanto, a recomendação para as grávidas de gêmeos pode mudar: o mais orientado é que diminua ainda mais a quantidade de exercícios para evitar qualquer perigo.

Ademais, também é comum que a licença-maternidade comece um pouco antes, pois a mulher precisará de mais repouso durante o terceiro trimestre e o parto, geralmente, ocorre antes do que é esperado na gravidez de um bebê. 

Parto

Como dito anteriormente, o parto de gestações de gêmeos acontece mais cedo. Enquanto a gravidez de um bebê pode se estender até a 40ª semana ou mais, é comum a de dois terminar antes da 37ª.

Isso acontece porque o útero chega a sua distensão máxima antes e inicia-se o trabalho de parto.

A gestante de gêmeos pode dar à luz por parto normal, mas somente quando os dois bebês estão na posição adequada. Por conta disso, é comum que seja feita uma cesárea.  

Peso dos bebês

Por nascerem antes do tempo normal previsto para as gestações – os nove meses – os gêmeos possuem pesos menores. 

Um bebê de uma gestação única nasce com cerca de três quilos. Já os irmãos gêmeos costumam ter dois quilos.

No entanto, há casos de que os dois bebês nasçam com menos do que isso. Nessas situações, há a necessidade de permanecer na incubadora para o ganho de peso. 

Os tipos de gestações de gêmeos

Existem dois tipos de gestações de gêmeos: a univitelina e a bivitelina. A primeira é quando um óvulo é fecundado por um espermatozoide. Após isso, a célula se divide em duas. Assim, os bebês são idênticos. 

Já na bivitelina ocorre a fecundação de dois óvulos por dois espermatozoides. Logo, é como se duas gestações acontecessem ao mesmo tempo, mas os bebês nascerão com características diferentes. 

Por fim, nos diga se restou alguma dúvida sobre esse assunto. Também compartilhe esse conteúdo com as amigas que esperam dois bebês.

Já conhece a nossa loja? É a Kid’s Brasil, o maior site de roupas importadas para bebês e crianças. Acesse: www.kidsbrasil.com.br  e confira nossos lindos modelos. 

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *