Introdução alimentar: conheça principais dicas

cha_de_gravidez_introducao_alimentar

Uma introdução alimentar adequada pode gerar hábitos saudáveis para toda a vida do bebê

Com a comemoração dos 6 meses do bebê vêm também as dúvidas e preocupações sobre a introdução alimentar. Porém, é essencial lembrar que a presença de alimentos sólidos na rotina do bebê é algo gradual. Assim, a amamentação ainda será para o pequeno a principal forma de se alimentar.

O início da introdução alimentar aos 6 meses também não é ao acaso. Até essa idade, o bebê fortalece o sistema imunológico por meio da amamentação, amadurece o sistema digestivo e, alguns, até mesmo já possui um dentinho para ajudar na mastigação. Por isso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a amamentação exclusiva até os 6 meses. Afinal, é o leite materno que irá preparar seu filho para os alimentos que virão depois.

As frutas são o primeiro grupo de alimentos que irão compor a introdução alimentar. Com elas você pode fazer purês e papinhas. Além disso, também é possível oferecê-las aos pedaços, caso prefira utilizar o método BLW, no qual o próprio bebê segura os alimentos e come sozinho.

Em seguida, pode-se fazer papinhas com legumes e cereais. Por fim, quando o bebê já estiver um pouco maior, carne, frango, peixes e ovos já podem ser acrescentados na rotina de introdução alimentar.

No entanto, a principal dica é tirar todas as dúvidas com o seu pediatra. Afinal, o organismo de cada bebê é diferente e ele saberá o que irá se adequar melhor na introdução alimentar do seu filho.

Alguns ingredientes importantes na introdução alimentar

1 – Banana

2 – Mamão

3 – Maçã

4 – Manga

5 – Couve-flor

6 – Batata

7 – Cenoura

8 – Abóbora

9 – Chuchu

10 – Beterraba

introdução alimentar com legumes


Introdução alimentar requer paciência

Seu bebê estará há seis meses acostumado ao mesmo sabor do leite. Por isso, quando se inicia a introdução alimentar, ele poderá estranhar e, até mesmo, rejeitar algumas papinhas e ingredientes. Mamães que utilizam o método BLW podem também ter que lidar com seus filhos jogando os pedaços de comida no chão. Isso não significa que eles não querem comer. É apenas algo natural dos pequenos.

Assim, a recomendação é ter paciência. Quando o bebê rejeitar algum alimento, tente novamente nos dias seguintes até ele se acostumar com o gosto. A introdução alimentar separada por etapas (uma fruta por dia, por exemplo) também é ideal. Dessa forma, será possível perceber se o organismo do bebê aceitará bem o ingrediente ou terá algum problema, como alergia, vômito ou diarreia.

Além dessas dicas, o principal é saber que a introdução alimentar é um momento em que se pode construir hábitos saudáveis que seu filho terá para toda a vida. A apresentação de variados sabores e texturas irá acostumar o paladar do bebê e pode deixá-lo mais curioso a descobrir novos alimentos.

Quantidade de comida na introdução alimentar

Para começar, é importante lembrar que o bebê que está passando pela introdução alimentar ainda deve ser amamentado e, o leite, é a base de sua alimentação. Diante disso, a quantidade de comida que o pequeno irá ingerir será pouca.

Dos 6 aos 9 meses de idade, os bebês consomem cerca de quatro colheres de sopa a uma xícara de papinha. Eles irão comer somente até estarem saciados. Então, nada de forçar que ele coma mais.

introdução alimentar quantidade de comida


Temperos na introdução alimentar

Adultos gostam de adicionar sal e açúcar para reforçar os gostos dos pratos. Porém, os bebês não precisam disso! É importante que eles conheçam e se acostumem com os alimentos com os seus sabores originais.

No entanto, se você quiser acrescentar um gostinho a mais na introdução alimentar do seu bebê, o ideal é usar temperos naturais. Eles ainda podem oferecer mais nutrientes ao pequeno.

Veja algumas opções de temperos naturais para usar na introdução alimentar:

1 – Alho

2 – Cebola

3 – Salsinha

4 – Cebolinha

5 – Manjericão

6 – Cravo

7 – Canela

8 – Alecrim

9 – Orégano

10- Coentro

Gostou do nosso conteúdo? Então, comenta aqui e deixe sua dica ou dúvida sobre introdução alimentar.

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *