Como montar a lista de presentes para o chá de bebê?

Dentre os itens essenciais, as fraldas são os mais pedidos

Kit com enxoval nas cores rosa escura, branca e rosa clara, e sapatinhos de crochês

O chá de fraldas é a celebração da chegada do novo membro da família. Além disso, a festa também pode aliviar o bolso dos futuros papais. Afinal, tradicionalmente, o chá de bebê tem a lista de presentes, nas quais os pais colocam tudo aquilo que pretendem ganhar.

Por isso, trata-se de uma forma de ajudar a família, já que os gastos com enxoval e fraldas são altos. Porém, acaba se tornando um desafio, principalmente para os marinheiros de primeira viagem.

Isso porque surge a dúvida sobre o que colocar na lista, a quantidade de fraldas por tamanho, entre outras pequenas agonias. Assim, toda ajuda é bem-vinda. Então, elaboramos este pequeno guia para te auxiliar na lista de presentes para o chá de bebê.

Dicas básicas para um chá de fraldas

Para começar, é bom dar algumas dicas sobre como fazer o chá de fraldas, especialmente para quem vai ter seu primeiro bebê. A primeira informação importante é sobre o prazo para realizar o evento. Dessa forma, o recomendável é que ele aconteça entre o 6º e o 8º mês de gestação, enquanto a mamãe ainda tem mais energia.

Para economizar, opte por horários alternativos, como manhã e tarde, fora do almoço e jantar. Assim, você não precisa se preocupar com o prato principal. Inclusive, veja neste post dicas do que servir no chá de bebê. Tente fazer o máximo de coisas por conta própria, como lembrancinhas e decoração para conter os gastos.

Lista de presentes chá de bebê

Tipos de chá de bebê

Antes de passar para as dicas da lista de presentes, é interessante que você saiba quais são os tipos de chá de bebê. Ter conhecimento disso vai te ajudar a saber o que pedir.

  • O chá de bebê básico é o mais comum. Nele, os pais pedem presentes (no máximo alguns mais baratinhos) e, principalmente, fraldas. Dessa maneira, a lista é elaborada pela organizadora e pode ser enviada por e-mail, telefone ou pessoalmente.
  • O chá de fraldas beneficente é organizado por mamães caridosas que, por terem condições de arcar com os custos, abrem mão dos presentinhos e os converte em doações. Portanto, a lista inclui latas de leite em pó, fraldas e itens de higiene que serão encaminhados para famílias carentes ou instituições.

Dicas importantes para a lista de presentes

O primeiro ponto que você precisa saber é que existem maneiras muito fáceis de designar os presentes dos convidados. Caso os conheça bem, coloque o item desejado já no convite do chá de bebê. Todavia, deixe claro ser apenas uma sugestão.

Assim, para deixar seus convidados mais à vontade, a sugestão é selecionar lojas físicas ou online e disponibilizar a lista. Isso também é feito nas listas de casamento: você indica onde comprar os itens e, à medida que forem sendo comprados, o vendedor responsável vai eliminando o item das opções.

Fraldas descartáveis

Berço branco cheio de fraldas usado para decoração
Ideia de decoração para o seu chá de fraldas

O maior objetivo do chá de bebê é arrecadar fraldas, tendo em vista o quanto elas são usadas e como são caras. Contudo, antes de pedir, é necessário saber os tamanhos adequados para cada fase do bebê.

  1. 1 – Tamanho RN: até 4,5 kg
  2. 2 – Tamanho P: de 5 a 8 kg
  3. 3 -Tamanho M: de 6 a 11 kg
  4. 4- Tamanho G: de 9 a 14 kg

Média de gastos por idade

  • Até 2 meses de vida: de 8 a 10 fraldas por dia
  • De 3 a 6 meses de vida: de 6 a 8 fraldas por dia
  • De 6 meses a 1 ano: 6 fraldas por dia
  • De 1 a 2 anos: 4 a 6 fraldas por dia

Pronto, agora ficou mais fácil saber quantos pacotes a criança usará. Sendo assim, a média é:

  • 1º mês: 3 pacotes de 40 unidades cada, tamanho RN
  • 2º ao 4º mês: 10 pacotes de 56 unidades cada, tamanho P
  • 5º ao 10º mês: 24 pacotes de 48 unidades cada, tamanho M
  • 11º mês ao 22º mês: 30 pacotes de 40 unidades cada, tamanho G

O ideal é pedir mais peças até o tamanho M e, em menor quantidade, do tamanho G. Dessa maneira, podemos partir para os demais itens, frisando ser apenas sugestões e você fica livre para incluir o que achar mais fácil.

Higiene e bem-estar

  1. saboneteira;
  2. barras de sabonete neutro;
  3. shampoo infantil;
  4. óleo para bebê (o toque ajuda os bebês a crescerem mais fortes e menos agressivos, sendo a primeira linguagem de contato entre mamães e o neném);
  5. cotonetes;
  6. bolsa de água quente;
  7. esterilizador de mamadeira;
  8. creme para assaduras;
  9. escova de cabelo;
  10. toalha de banho com capuz;
  11. termômetro;
  12. lenços umedecidos.

Quanto à toalha de banho, é importante o uso de tecidos macios devido à delicadeza da pele do bebê. Já o capuz é necessário para manter o bebê aquecido durante o banho. Contudo, é interessante lembrar que as toalhas do tipo fralda são excelentes por serem macias e terem maior absorção.

Outro ponto que chama a atenção é quanto à necessidade do creme para assaduras, aquelas irritações que deixam a pele do bebê avermelhada. Um dos maiores problemas, além do desconforto, é a evolução para possíveis feridas ou bolhas. Para evitar, passe uma camada fina de pomada, justamente, evitando causar o efeito contrário.

A indicação é amamentar o bebê ao máximo para estimular a produção de anticorpos, certo? No entanto, e se acontecer uma emergência e alguém precisar alimentar a criança com a mamadeira? Por isso, há a necessidade do esterilizador, pois as mamadeiras devem ser bem limpas para evitar a proliferação de bactérias que contaminem a criança.

Afinal, apenas lavar a mamadeira e chupetas com água quente não é suficiente! Se achar o esterilizador caro, apele para o velho truque de ferver os objetos por cinco minutos. Ainda no quesito cuidado, o termômetro é básico por ser o instrumento pelo qual medirá a temperatura do bebê em caso de febre.

Existem vários tipos de termômetro, como o de mercúrio, ouvido, digital e infravermelho. Lenços umedecidos, por sua vez, são práticos na troca de fraldas, especialmente se estiver fora de casa.

Itens para o quarto

  1. cabides;
  2. álbum de fotografias;
  3. sofá,  poltrona ou cadeira de balanço para a amamentação. São ideais para manter a postura e ajudar na coluna;
  4. trocador, útil para quando for trocar a fralda do seu bebê fora de casa. Em casa, pode optar por aqueles que encaixam no berço, cômoda ou banheira;
  5. manta, para deixar o bebê aquecido no hospital, em casa e na saída da maternidade;
  6. lençóis;
  7. berço;
  8. moisés.

Mas, eu vou ter que pedir um berço???? Não necessariamente! Mas, aqui, cabem algumas considerações! O berço com barras deve ter espaçamento máximo de 6,5 centímetros de distância entre elas, a densidade recomendável do colchão é a D18 e ser certificado pelo Inmetro, assim como o berço que, também, precisa ser regulável.

O moisés é aquela cestinha na qual o bebê fica deitado. Menor que o berço, facilita no transporte. Também vale usar o carrinho, caso ele seja reclinável, especialmente nos primeiros dias de vida. Quanto aos lençóis, o ideal é ter quatro kits contendo um de elástico, um para cobrir e a fronha.

Alimentação e cuidados bucais

  1. travesseiro para amamentação ;
  2. cadeirão ;
  3. copo com bico, alças e tampa;
  4. conjunto de pratinhos;
  5. mordedores de borracha (para quando os dentinhos nascerem);
  6. babador ;
  7. chupeta com bico ortodôntico .

O babador é útil para a fase das papinhas e antes dela, quando os dentinhos começarem a nascer. O neném baba bastante, por isso, o acessório é extremamente importante. Além do tradicional, há os modelos impermeáveis, fechados com botões, plásticos, amarrados, fechados na lateral e do tipo lencinho. Basta procurar.

Roupinhas e acessórios

  1. meias: mantêm o pé aquecido, mesmo se comprar macacões de pé. O mínimo indicado são seis pares para RN, adequando a quantidade à medida que o bebê for crescendo;
  2. pijaminhas;
  3. gorrinhos e touquinhas, importantes para lugares frios;
  4. calças com ou sem pé, para ir por baixo do macacão, úteis em dias frios;
  5. bodies: mínimo seis, de algodão, evitando as golas pequenas e preferindo aquelas que transpassam os ombros;
  6. sapatinhos.
Enxoval de chá de bebê
Que kit mais fofo para o chá de bebê do seu pequeno ♥

Itens opcionais

  1. escova para limpeza de mamadeira;
  2. mamadeira para suco, água e leite;
  3. garrafa térmica;
  4. peneira;
  5. espremedor de laranja;
  6. jogos de pratos, potes e talheres;
  7. forro impermeável para colchão;
  8. saia de berço;
  9. cesto para roupa suja;
  10. bandeja para organizar itens da troca de fraldas;
  11. lixeira com pedal;
  12. massageador de gengiva;
  13. aspirador nasal;
  14. colônia para bebê.

O que não pode faltar na lista de presentes?

Nossa, mas quanta coisa colocar na lista! Preciso incluir tudo”? Não necessariamente! Mas, alguns itens são praticamente obrigatórios por serem de maior uso no seu dia-a-dia. As fraldas devem encabeçar a lista, pois são as mais usadas e os presentes dão um certo alívio para os dias após a saída da maternidade.

Lenços umedecidos e shampoo para bebê também são importantes, assim como a pomada para assaduras. Esse são os itens mais em conta, que não dependem da decoração do seu enxoval e os de uso mais urgente.

Gostou do nosso conteúdo, mamãe? Que tal compartilhar nas suas redes sociais e deixar seus comentários? Queremos saber sua opinião e, também, suas dicas!

3 Gostei
2 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *