Entenda o que é desmame gentil

Desmame gentil

O principal objetivo do desmame gentil é fazer com que o fim da amamentação seja tranquilo

Tão importante como ter uma amamentação saudável, o desmame também deve ser um processo tranquilo para mãe e bebê. O problema está no fato de que pouco se fala sobre esse assunto e alguns métodos difundidos podem ser traumáticos. Por isso, surgiu o chamado “desmame gentil”.

Trata-se de fazer com que o fim da amamentação seja o mais amável possível, sem que a criança se sinta carente e nem que a mãe sofra com a culpa. Então, para ajudar as mamães nessa etapa do crescimento, separamos as informações fundamentais sobre esse assunto.

O que não fazer

Para começar a falar sobre o tema, é preciso entender o que não é desmame gentil. Assim, o risco de erros e de gerar traumas na crianças diminuem. 

A primeira atitude que não deve ser feita é acabar com a amamentação abruptamente. Isto é, não deixar o filho mamar mais sem nem ao menos explicar o porquê. Além disso, não é recomendado deixar a criança chorando ou se afastar dela (algumas pessoas até mesmo viajam para ficar longe nessa fase).

Portanto, lembre-se que a amamentação é mais do que apenas alimentar a criança, é um vínculo que ela sente que possui com a mãe. 

Ademais, não invente mentiras, como falar para o filho que amamentar irá deixá-lo doente. Também não passe pimenta ou nenhum outro alimento de gosto ruim nos seios.  

Respeite o tempo da criança

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a amamentação dure até, ao menos, os dois anos de idade da criança. Porém, cada uma possui seu próprio tempo para atingir os marcadores de crescimento, como andar e falar. Isso não é diferente no desmame. 

Desta maneira, o desmame não é “obrigatório” só porque a criança já completou dois anos. Os pequenos mostram quando estão preparados para parar de mamar. Um exemplo disso é quando eles se interessam mais por alguma brincadeira do que pela amamentação.

O desmame gentil inclui novas atividades com a mãe
Novas atividades com a mãe ajudam no desmame gentil

Desmame gentil só é possível com mudanças graduais

Não há desmame gentil quando o fim da amamentação é repentino. Então, o mais indicado é acabar aos poucos com a quantidade de mamadas. A forma para fazer isso é por meio de acordos com a criança, ou seja, conversar e combinar que em determinados horários ela já não poderá mamar mais. 

Outra dica é não oferecer o seio e, sim, apenas esperar que o filho peça. Muitas vezes, ele irá se distrair e esquecer de mamar. 

Porém, é importante ter essas condutas apenas com crianças que já possuem uma alimentação bastante estável e que o fim da amamentação não irá representar nenhum dano nutricional.

Amamentação noturna

A maioria das mamães costuma começar o desmame gentil com o fim das mamadas noturnas. Afinal, esse é geralmente o horário que a criança mama apenas pelo aconchego antes de dormir.

Portanto, a tática é criar uma nova rotina para esse momento. É possível ler historinhas e cantar, por exemplo. Também é interessante incluir o pai nessa etapa e fazer com que ele seja o mais presente nesses novos hábitos. 

Mostre que a mãe não é só para mamar

Para o desmame gentil, o importante é mostrar para a criança que mãe pode ser uma figura diferente daquela que apenas o amamenta. Por isso, crie novas brincadeiras e atividades de diversão e aconchego entre mãe e filho. 

Com esses novos hábitos, a criança irá se distrair e ver a mãe como alguém com que é possível fazer muito mais coisas do que só mamar.

Auxílio do pai no desmame gentil
O pai é fundamental no processo do desmame gentil

O apoio da família é fundamental no desmame gentil

A mãe não pode estar sozinha durante o desmame gentil. O pai, os avós e tios também devem estar presentes para deixar o momento mais tranquilo. Afinal, eles serão os responsáveis por ajudar na nova rotina da criança sem a amamentação e fazer com que ela se sinta acolhida.

Para finalizar, vale lembrar para as mamães que é normal que os pequenos fiquem com raiva ou se aproximem de um outro familiar quando param de mamar. Isso irá passar! É apenas mais uma fase que, por mais difícil que pareça ser, é importante para o desenvolvimento. Logo, tudo voltará ao normal. 

Agora, nos diga se restou alguma dúvida sobre esse assunto.Também compartilhe nosso conteúdo com amigas que também estão passando pelo desmame.

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *