Conheça a importância do ômega 3 na gravidez

Ômega 3 na gravidez

O ômega 3 na gravidez auxilia beneficia o cérebro do bebê e evita problemas de saúde

O ômega 3 é um nutriente que está na moda e não é sem motivo: ele gera diversos benefícios, inclusive para as gestantes. O mais falado é o auxílio no desenvolvimento e boa saúde do cérebro do bebê. Por isso, é grande a importância do ômega 3 na gravidez.

Assim, recomenda-se que as futuras mamães consumam, ao menos, 300 mg desse nutriente, que é composto pelos ácidos graxos EPA e DHA. Dessa forma, além do ponto positivo mencionado acima, existem vários outros que beneficiam não só o feto, mas também a mulher. 

Benefício do ômega 3 na gravidez

Um aliado do cérebro

O ômega 3 é um nutriente essencial para o cérebro. Para os bebês ainda dentro do útero, ele é uma forma de assegurar boas capacidades cognitivas e visuais no futuro. Muito se diz que mulheres que possuem alimentação rica nesse ácido têm filhos com melhores desempenhos escolares.

Também ajuda o coração

Esse nutriente possui ações anti-inflamatórias. Portanto, protege contra doenças cardíacas e de outros órgãos, um benefício que atinge mãe e filho.

Hormônios regulados com ômega 3 na gravidez

O ácido graxo ajuda na produção de diversas substâncias no organismo, uma das mais conhecidas é a prostaglandina, que se assemelha a um hormônio.

Com a regulação de estruturas como essa, diversas “tarefas” do corpo ficam mais harmônicas, como a coagulação do sangue, desempenho dos rins, funcionamento intestinal e controle da pressão sanguínea. 

Humor mais calmo

As mudanças de humor são clássicas na gravidez e até nisso o ômega 3 ajuda. Estudos afirmam que ele ameniza a irritabilidade e pode prevenir a depressão

Ômega 3 na gravidez previne partos prematuros
Estudos indicam que o ômega 3 previne partos prematuros

Menor risco de parto prematuro

Outras pesquisas comprovam que o ômega 3 na gravidez diminui os riscos de parto prematuro e outros problemas durante o nascimento.

Além disso, também abaixa as chances de epilepsia no bebê e auxilia no ganho de peso saudável do pequeno. 

Onde encontrar?

As fontes mais conhecidas de ômega 3 são os peixes, como salmão, atum e sardinha. Porém, também é possível encontrar o nutriente nas oleaginosas, por exemplo nas castanhas, amêndoas, nozes e pistache. 

Também coloque na alimentação os vegetais verdes escuros como o brócolis, espinafre e couve. Ademais, não se esqueça do abacate, linhaça, chia, feijão e grão-de-bico.

O ômega 3 está presente ainda nos frutos do mar. Entretanto, alguns médicos não recomendam o consumo desses alimentos na gravidez por conta do risco de contaminação de micro-organismos maléficos.   

Mais do que isso, também ouça a opinião do especialista sobre consumir suplementos do nutriente. Existem várias opções no mercado, mas, principalmente na gestação, é mais prudente usar esses produtos com orientação médica. 

Por fim, nos dia o que achou do nosso conteúdo. Ficou alguma dúvida? Para receber mais dicas sobre diversos assuntos da maternidade, é só nos seguir nas redes sociais. 

Já conhece a nossa loja? É a Kid’s Brasil, o maior site de roupas importadas para bebês e crianças. Acesse: www.kidsbrasil.com.br  e confira nossos lindos modelos. 

1 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *