Entenda como amassar a papinha de bebê

chá_de_gravidez_papinha_de_bebê_como_amassar

A consistência certa da papinha de bebê ajudará no desenvolvimento do pequeno

Ao chegar o momento da introdução alimentar, muitas mamães se enchem de dúvidas sobre vários fatores da papinha de bebê. Um deles é o quanto amassar os alimentos. Afinal, o bebê ainda não possui dentes para mastigar e o medo de engasgos é grande.

Contudo, é necessário lembrar que a consistência da papinha de bebê não deve ser líquida e, sim, pastosa. Isso porque, aos seis meses de idade, a gengiva do pequeno já está apta para simular uma mastigação. Também é a hora de aprender a engolir alimentos que não sejam o leite.

Para auxiliar nessa fase do desenvolvimento do bebê, separamos algumas dicas sobre o assunto. Confira:

Não bata a papinha de bebê no liquidificador

Uma das orientações mais comuns sobre a consistência da papinha de bebê é não batê-la

em liquidificador. Caso isso seja feito, a refeição ficará líquida e perderá as fibras das frutas e legumes utilizados. Vale lembrar que as fibras são essenciais para o bom funcionamento do organismo. Um exemplo é a regularização do intestino.

Assim, o ideal é apenas amassar os ingredientes com um garfo. Dessa forma, a papinha se parecerá com um purê.

Cuidado com a peneira

Muitas as mamães usam peneiras para amassar a papinha de bebê. No entanto, do mesmo modo que acontece com o liquidificador, há o perigo de perder uma grande quantidade de fibras dos alimentos.

Portanto, prefira sempre amassar com garfos. Quando houver dúvidas sobre um determinado ingrediente, pergunte para seu pediatra ou nutricionista.

Não use peneiras para amassar a papinha de bebê

Como a papinha deve ser para o bebê de 1 ano

Quando seu pequeno completar 1 ano, algumas coisas irão mudar na papinha. Além dos novos alimentos que ele poderá consumir, a refeição não precisa mais ter a consistência de purê.

Dessa forma, o bebê já poderá comer pedaços bem pequenos dos alimentos. Não haverá mais a necessidade de amassá-los.

O que achou dessas orientações? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe essa matéria com a amiga que também é mamães e está cheia de dúvidas sobre a papinha de bebê.


0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *