Papinha de bebê: veja os temperos que podem ser usados

cha_de_gravidez_temperos_para_papinha_de_bebe

Você pode incrementar a papinha do seu bebê com alguns temperos permitidos na alimentação dos pequenos

É certo que a papinha de bebê não deve conter sal. Porém, outros tipos de temperos podem ser acrescentados nas receitas. Por exemplo, ervas e especiarias naturais são ótimos para agregar mais nutrientes no prato e desenvolver o paladar do pequeno.

Para ajudar com essa parte pouco falada da introdução alimentar, preparamos uma lista com os temperos mais comuns que podem ser usados nas papinhas e o benefícios de cada um deles.

Veja quais temperos podem ser usados na papinha de bebê:

1 – Alho

2 – Cebola

3 – Salsinha

4 – Cebolinha

5 – Manjericão

6 – Cravo

7 – Canela

8 – Alecrim

9 – Orégano

10 – Coentro

Alho como tempero na papinha de bebê

Se o seu bebê está sempre doentinho, o alho é o tempero perfeito para colocar na papinha.

O principal benefício desse tempero é fortalecer o sistema imunológico, pois é um anti-inflamatório, antifúngico e antibiótico natural.

Além disso tudo, também auxilia no sistema cardiovascular ao prevenir hipertensão.

Porém, mamães, cuidado na quantidade. O alho é um tempero com gosto forte que pode incomodar o bebê.

Papinha de bebê com cebola

Assim como o alho, a cebola também é um tempero que ajuda na saúde cardiovascular, pois melhora a circulação sanguínea.

Mais do que isso, a cebola é rico em uma substância chamada “frutooligossacarideo” (FOS), fibra que auxilia no aumento de bactérias boas no intestino.

Papinha de bebê temperada com salsinha

A salsinha pode não ser um tempero muito rico no sabor, mas é nos benefícios à saúde e ótima para ser colocada na papinha de bebê.

Sua principal ação é na limpeza de toxinas do organismo. Porém, ela também é anti-inflamatória e possui vitamina C, ambos aliados na melhora do sistema imunológico.

Para concluir, a salsinha também tem vitamina A. Perfeita para manter os olhos do seu pequeno saudáveis.


Cebolinha na papinha de bebê

A cebolinha também está no time dos temperos com vitamina A e C. Além delas, o ferro está presente e pronto para evitar anemias no seu bebê.

É importante lembrar ainda das propriedades antibacterianas desse tempero.

Tempero manjericão na papinha de bebê

O manjericão também fortalece a imunidade por ser rico em vitamina C. Já as vitaminas A e K protegem a visão.

No entanto, por ter um gosto forte, é recomendado adicionar o manjericão em poucas quantidades e quando a receita já está pronta. É um tempero perfeito para papinhas com carne.

Canela e cravo para temperar papinhas doces

Mais temperos para a turma dos fortalecedores do sistema imunológico: a canela e o cravo são antioxidantes e antifúngicos.

Do mesmo modo, auxiliam na ação da insulina. Com isso, ajudam com que organismo aproveite melhor a energia dos carboidratos.

Tanto o cravo, quanto a canela, são ótimos para adicionar nas papinha doces. Por exemplo, salpique a canela na maçã enquanto esta cozinha.

Alecrim na papinha de bebê

Seu bebê não quer comer? O alecrim pode ajudar, pois o tempero aumenta o apetite e pode ser colocado na papinha.

Acrescente a isso o fato de o alecrim também evita problemas digestivos, auxilia na salivação e possui ação antibacteriana.

Para finalizar, outra informação curiosa: o cheiro desse tempero promove o bom humor. Então, nada de bebê mal-humorado depois da papinha.

Orégano para temperar papinha de bebê

O orégano pode ser o tempero aliado das mamães no combate à cólicas. Essa erva possui propriedades digestivas que evitam os gases e melhoram a flora intestinal.

Contudo, o mais adequado é que o orégano seja introduzido nas papinhas dos bebês um pouco mais velhos, quando estes já aceitaram outros tipos de temperos.

Papinha de bebê com coentro

Apesar de polêmico entre os adultos, o coentro é uma boa inserção na papinha de bebê.

Ele é rico em vitamina C, que auxilia no sistema imunológico. Incluso a isso, o coentro na papinha de bebê também elimina as toxinas do organismo.

O tempero pode ser picado e combina muito com papinhas de peixe.

Alguns cuidados

Como os listados acima, prefira sempre os temperos naturais. Nada de industrializados!

Um dica é ter uma hortinha em casa. Assim, não só o bebê com sua papinha, mas toda a família sempre terá esses produtinhos à disposição.

Contudo, caso não tenha condições de ter esses ingredientes frescos, os temperos feitos de ervas secas ou especiarias em pó estão liberados para entrar na rotina alimentar do pequeno.

Já a respeito dos óleos, o azeite extravirgem e o óleo de coco são os mais recomendados para cozinhar a papinha de bebê.

Nas dicas do que não fazer, o principal é deixar temperos mais fortes, como a pimenta e o curry, para as papinhas de quando seu filho já ter mais de um ano. No entanto, não esqueça de sempre pedir a orientação do seu pediatra.

Gostou do nosso conteúdo? Então, comenta aqui! Se quiser mais dicas para cuidar do filhote, entre nas nossas redes sociais e fique por dentro de vários assuntos do mundo da maternidade.




1 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *