Conheças as principais doenças que afetam a ovulação

Problemas na ovulação

O processo de ovulação pode sofrer problemas causados pela produção desregulada de hormônios

Para algumas mulheres, a gravidez é um sonho difícil de ser realizado. Por vários meses as tentativas são falhas e o resultado positivo nunca chega. Associado a isso estão as consultas médicas e exames para identificar a causa da infertilidade, que pode estar em problemas na ovulação.

Muitas vezes, essas dificuldades são causadas por doenças que impedem a liberação correta do óvulo. Assim, a fecundação dele se torna ainda mais complicada. 

Por isso, é importante entender as principais causas dos distúrbios na ovulação. Confira:

Hipo e hipertireoidismo

Os hormônios da tireoide são responsáveis por regular diversas funções do organismo, inclusive a ovulação. Assim, quando o hormônio estimulador da tireoide (TSH), além do T3 e T4, são liberados em excesso ou com quantidade deficiente, a fertilidade da mulher fica comprometida. 

No caso do hipertireoidismo, todos os processos do corpo ocorrem de forma rápida, o que pode estimular a ovulação antes da fase lútea e afetar o ciclo menstrual. Assim, o tratamento costuma ser feito com iodo radioativo e, em alguns casos, cirurgias. 

Já no hipotireoidismo, o contrário acontece: o organismo da tentante funciona de forma mais lenta. Com isso, pode não haver a liberação do óvulo maduro. Para essa condição, o médico indica a reposição do hormônio em falta.

Problemas na ovulação e no ciclo menstrual
Hormônios desregulados atrapalham o funcionamento do ciclo menstrual

Distúrbios na hipófise

A hipófise é uma glândula situada no cérebro também responsável pela liberação de diversos hormônios. No entanto, o principal problema que ela pode causar no processo de ovulação é a produção excessiva de prolactina, que estimula a produção de leite materno.

Dessa maneira, isso afeta os processos da evolução, como a secreção de outro hormônio, o luteinizante e o folículo-estimulante da hipófise. 

O tratamento para esse distúrbio é feito com medicamento ou com cirurgia. Em alguns casos, é necessária a combinação de ambos. 

Ovários policísticos

Trata-se do desenvolvimento de cistos nos ovários, que afetam a regularidade da menstruação. Esse problema causa infertilidade em 40% das mulheres que o possuem, segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia. 

Dessa forma, o tratamento é feito com diversos medicamentos para reverter os sintomas e pode incluir até anticoncepcionais, com o objetivo de regularizar a menstruação e, assim, proporcionar a melhora na ovulação.

Contudo, é importante que os diagnósticos de todas as doenças e suas respectivas formas de tratar devem ser feitos por um médico especialista. Portanto, caso tenha dificuldade para engravidar, procure um ginecologista de sua confiança.

Restou alguma dúvida sobre esse assunto? Deixe aqui nos comentários. Também compartilhe esse material com as amigas que querem ser mamães.

Conheça a nossa loja! É a Kid’s Brasil, o maior site de roupas importadas para bebês e crianças. Acesse: www.kidsbrasil.com.br e confira nossos lindos modelos. 

4 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *