Conheça os principais exames na gravidez

Exames na gravidez

Durante nove meses, a futura mamãe terá que realizar diversos exames na gravidez para garantir sua saúde e a do bebê

Um teste positivo traz com ele uma rotina cheia de preparativos para a chegada do novo membro da família em alguns meses. Em meios às roupinhas, decoração do quarto e muita ansiedade, a nova mamãe também tem que lidar com os diversos exames na gravidez.

Afinal, é extremamente importante manter o acompanhamento médico regular durante toda a gestação e, com ele, realizar os testes prescritos para checar a saúde da mulher e do bebê. 

Ao realizar todos esses procedimentos no momento certo, a segurança de chegar ao nono mês com muita saúde e bem-estar é ainda maior. Por isso, criamos essa pequena lista com os principais exames na gravidez para você já se preparar e saber o que cada um pode diagnosticar.

Primeiro, vamos falar do pré-natal

Para começar, é essencial lembrar que todos esses testes devem ser indicados pelo médico. De nada adianta realizá-los, mas não ter a análise correta dos resultados feita pelo obstetra.

Portanto, nunca deixe de ir às consultas de pré-natal. Nos primeiros meses de gestação, elas costumam ser mensais. Porém, no oitavo mês, já se recomenda ir em duas consultas. Por fim, no nono, a grávida deve se consultar toda semana até o parto.

Os principais exames na gravidez durante o primeiro trimestre

Os três primeiros meses de gravidez são cheios de surpresas, não é mesmo? Com eles, chegam também uma bateria de exames para verificar se tudo vai bem com a saúde da mamãe.

Por isso, veja quais são os mais comuns:

Hemograma

O clássico exame de sangue tem a função de detectar diversas doenças, como infecções por hepatites, sífilis, HIV, toxoplasmose e rubéola, entre outras enfermidades que podem comprometer a vida do feto.

Além disso, também há a dosagem de hormônios, o nível de glicose e a pesquisa de genes que causam a trombofilia congênita, uma condição grave durante a gestação.

Outro fato importante é que o hemograma também detecta o tipo de sangue da mulher e, caso ele seja diferente do tipo do pai, já se inicia alguns cuidados simples para não gerar problemas ao bebê.

Ultrassonografia intravaginal

Esse exame é a primeira chance de ver o bebê!

Ele verifica se o embrião está implantado corretamente no útero e se o desenvolvimento do saco gestacional está bem.

Porém, se feita antes da sexta semana de gestação, a ultrassonografia não capta os batimentos cardíacos. Isso é normal e você não precisa se preocupar!

Urina

Um simples exame de urina pode detectar as proteínas que mostram o surgimento de uma possível pré-eclâmpsia. Trata-se da situação em que a pressão sanguínea materna sobe descontroladamente e que, se não tratada a tempo, pode ser fatal.

Fezes

Já o exame de fezes tem a capacidade de identificar parasitas maléficos ao corpo e que podem causar diversas doenças, como a anemia. 

A ultrassonografia é uma dos principais exames na gravidez
As ultrassonografias são comuns em todos os trimestres de gravidez

No segundo trimestre

Ultrassonografia de translucência nucal

O início do segundo trimestre, geralmente na 14ª semana, chega a hora de fazer a ultrassonografia de translucência nucal. 

Ela irá medir a espessura do fluido entre a pele e a gordura da nuca do bebê. Dessa maneira, é possível identificar alterações cromossômicas, como a Síndrome de Down. 

Mais do que isso, o exame também mede o tamanho do bebê e checa se os batimentos cardíacos estão normais. Caso seja percebida alguma alteração, o médico irá pedir testes complementares. 

Ultrassonografia morfológica

Mais uma ultrassonografia para lista: a morfológica analisa os órgãos do bebê que, nessa etapa, já estão formados. 

E é nesse exame que pode acontecer um momento muito esperado: a descoberta do sexo do bebê! Sim, com ela é possível descobrir se quem está a caminho é uma princesa ou um príncipe.

Outro fato legal é que se a ultrassonografia for feita com aparelhos com tecnologia 3D ou 4D, a mamãe ainda poderá ver alguns traços do rostinho do bebê.

A triagem para diabetes gestacional é um dos exames na gravidez
Nos últimos meses de gravidez é preciso ter mais atenção com uma possível diabetes gestacional

A fase final: o terceiro trimestre

Triagem de diabetes gestacional é um dos principais exames na gravidez

Nos últimos meses de gravidez, geralmente no 7º, é feita a triagem de diabetes gestacional

O exame é um pouco incômodo, mas muito importante. Funciona assim: a mulher bebe um copo de glicose e, em intervalos regulares de tempo, é submetida a algumas coletas de sangue. 

Dessa forma, é diagnosticada a diabetes gestacional. Ela precisa ser bem averiguada para não causar danos graves à saúde da mãe e do bebê. Em alguns casos, é até mesmo necessário adiantar o parto.

Triagem de estreptococo beta-hemolítico

O nome é complicado, mas é apenas a análise laboratorial de um pouco de secreção da vagina e do reto para verificar se a gestante possui a bactéria estreptococo do grupo B no seu organismo.

Essa bactéria pode ser fatal caso o bebê entre em contato com ela durante o parto normal. No entanto, o problema é fácil de ser resolvido. Basta aplicar antibiótico na grávida no dia do parto. 

Ultrassonografia do terceiro trimestre

Na reta final da gravidez, a ansiedade por ter o bebê no colo logo é máxima. Então, a ultrassonografia é uma ótima aliada para ver o rostinho do filho e sonhar ainda mais com ele!

Esse exame também verifica se o tamanho e o peso estão ideais, o posicionamento, a quantidade de líquido amniótico e a saúde da placenta. Tudo para ter certeza que o seu pequeno ou pequena chegará bem forte ao mundo!

Você já conhece a nossa loja? É a Kid’s Brasil. O maior e-commerce de roupas infantis importadas, com marcas que são as queridinhas das mamães, como Carter’s, Gerber e Gymboree.

Acesse o site e confira nossas promoções!

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *