Sintomas de gravidez: cansaço e sono podem ser amenizados

Portrait of a yawning student girl sitting at the desk, education concept photo, lifestyle

Mesmo normais, esses sintomas de gravidez podem ser evitados com hábitos simples

Cansaço e sono são sintomas de gravidez que afetam grande parte das gestantes. Eles são causados pelo fato de que o corpo da mulher começa a trabalhar por dois. O coração, por exemplo, se esforça mais para levar sangue e oxigênio para o bebê. A glicose, que por meio de diversos processos celulares se transforma em energia, também é dividida para o feto.

Porém, esses incômodos tendem a passar no segundo trimestre. É nesse período que a gestante se sente mais disposta. Contudo, a má notícia é que o cansaço pode voltar no fim da gravidez. Nesses casos, o motivo está no tamanho do bebê, que dificulta a locomoção e respiração.

Entretanto, a principal dica para todas as fases da gravidez é descansar. Para que a noite de sono fique ainda mais revitalizadora, é interessante que a mulher encontre uma posição e que fique mais confortável. A mais indicada é deitada do lado esquerdo e com um travesseiro entre as pernas. Dessa maneira, evitará também dores nas costas.

Dicas para amenizar esse sintoma de gravidez

Algumas medidas simples podem amenizar o cansaço. Assim, a primeira dica é ter uma rotina de sono. Isto é, tentar dormir ao mínimo oito horas por noite e, se possível, ter cochilos de cerca de 30 minutos após o almoço.

À noite também é possível ter alguns outros hábitos que deixarão o sono mais tranquilo. Um deles é não ingerir muitos líquidos nesse período para que a maior necessidade de urinar (também um sintoma de gravidez) não atrapalhe. Outro é não fazer refeições pesadas antes de ir para a cama. Comer uma pequena quantidade de frutas ou verduras evitará a queimação da azia e o refluxo.

Essa alimentação saudável também é chave para diminuir o cansaço. Afinal, quando a gestante ingere todos os nutrientes que necessita, ela irá renovar a energia e regular o metabolismo. 

Aliada à alimentação, a atividade física também é essencial. Os exercícios irão dar maior condicionamento cardiorrespiratório. No entanto, a gestante só pode praticar qualquer atividade após a orientação médica.

Quando o problema é a insônia

Mesmo com todo o cansaço, algumas futuras mamães podem sofrer com a insônia. Ele pode ser motivada pelos desconfortos físicos ou pela ansiedade que a gestação gera.

Para essa situação, também se indica fazer atividades físicas. Todavia, também é importante que a mulher tenha alguém (família ou profissional) para dividir seus medos e angústias e, assim, conseguir relaxar.

Vale lembrar ainda que nenhum medicamento deve ser tomado sem a prescrição médica. Chás, principalmente os que possuem cafeína (preto, verde, mate e branco) também podem causar malefícios à grávida.

Sintomas de gravidez - não devem ser tomados medicamentos para amenizar o cansaço e o sono
Todo medicamento deve ser tomado apenas com a indicação médica

Quando o excesso de sono pode ser sinal de perigo

Mesmo que o cansaço e o sono sejam normais na gravidez, em alguns casos eles podem sinalizar alguns problemas de saúde.

Fisicamente, por exemplo, pode ser anemia ou hipotireoidismo. Já psicologicamente, é preciso investigar se a gestante está deprimida.

Por isso, é importante relatar todos os sintomas de gravidez ao médico. Com o exame do especialista, será possível identificar se a situação está normal ou não.

Por último, deixe seu seu comentário com o que achou aqui abaixo. Também nos siga nas redes sociais para receber mais dicas sobre maternidade.

2 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *