Sintomas de gravidez: corrimento rosa é normal

chá_de_gravidez_sintomas_de_gravidez_corrimento_rosado

Entre os sintomas de gravidez, o corrimento rosado é primeiro a indicar que um bebê está a caminho

O corrimento vaginal rosado é considerado o primeiro dos sintomas de gravidez. Afinal, ele ocorre logo no momento da fecundação ou em até três dias após. O que o causa é a entrada do espermatozoide no óvulo, processo chamado nidação, e o deslocamento do zigoto até o útero.

Alguns especialistas explicam esse processo a partir da ideia de que o útero possui um “colchão” de sangue. Então, quando o zigoto é implantado no órgão, haverá um pouco de sangramento que, junto com o muco vaginal, se tornará rosa.

Por isso, esse tipo de corrimento também pode ser nomeado como “sangramento de nidação”. 

Não é regra

Contudo, nem todas as mulheres têm o sangramento de nidação. Algumas podem nem perceber ou achar que se trata do início da menstruação. 

Entretanto, para reconhecer esse corrimento como sintoma de gravidez, é preciso estar atenta às duas características principais dele: não é vermelho vivo e não causa fluxo, ou seja, são apenas algumas gotas. 

No primeiro trimestre de gravidez

Esse corrimento rosa também pode aparecer no primeiro trimestre de gravidez. Porém, os motivos serão outros. O primeiro é causado pelo maior fluxo sanguíneo no útero e, com alguns esforços físicos, esses vasos podem romper.

Além disso, a vagina também recebe mais sangue durante a gestação. Por conta disso, é possível ocorrer sangramentos após as relações sexuais. 

Quando esse sintoma de gravidez é preocupante

Sintomas de gravidez - cólicas e corrimento rosado
Cólicas são um sinal preocupante quando acompanhadas de corrimento

Apesar de não afetar todas as gestantes, o corrimento rosado é um dos sintomas de gravidez normais. Entretanto, pode ser preocupante quando durar muitos dias e tiver fluxo, a cor se transformar em vermelho vivo ou ser acompanhado com cólicas fortes.

Nesses casos, há a o indício de descolamento de placenta, gravidez ectópica (gravidez fora do útero) ou aborto. Por isso, sempre avise seu ginecologista sobre qualquer sintoma que apareça.

Por fim, comente o que achou do nosso conteúdo. Também nos siga nas redes sociais para ficar por dentro de tudo do mundo da maternidade.


3 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *