Sono do bebê: como fazê-lo acordar menos à noite

Newborn baby girl sleeping on blue sheets at home

É possível regular o sono do bebê para que que ele durma mais horas seguidas durante a madrugada

Entre os diversos fatores que envolvem o sono do bebê e que causam dúvidas nos pais está a quantidade de vezes que o pequeno acorda à noite. Infelizmente, não há solução mágica para fazer os bebês dormirem por oito ou mais horas seguidas. 

Porém, uma tática utilizada para que os bebês durmam por mais horas é a chamada “mamada dos sonhos”. Trata-se da amamentação feita logo no fim da noite, mesmo sem a criança chorar com fome. 

Assim, o mais recomendado é acordar o bebê às 10 ou 11 horas da noite e fazê-lo mamar. Dessa forma, ao ficar mais saciado, haverá mais chances dele dormir por períodos maiores durante à noite. 

No entanto, não o estimule muito nessa hora: deixe o quarto escuro e não converse ou brinque com ele. Com isso, o bebê entenderá que ainda é a hora de dormir e começará a diferenciar o dia e a noite. 

Como despertar o bebê

Pode parecer estranho a ideia de ter que despertar o bebê para que ele durma mais. No entanto, o truque da mamada dos sonhos é fazer com que a criança se alimente antes de cair no sono profundo da madrugada, além de não deixar que ela acorde chorando com fome.

Todavia, não é preciso acordar os bebês que conseguem mamar enquanto dormem. Já para os que não conseguem, é preciso apenas deixá-los em um estado de sonolência e não completamente despertos.

Assim, a dica é realizar pequenos incentivos para ele acordar, como trocar a fralda, fazer carinho nos pés ou até passar um algodão úmido na cabeça. Depois disso, leve-o ao peito ou ofereça a mamadeira por cerca de 10 minutos. 

Sono do bebê - dicas para o bebê acordar menos à noite
Mantenha o quarto escuro e com poucos estímulos na mamada dos sonhos

Como saber quando o sono do bebê não precisa mais da mamada dos sonhos

O principal indício de que o bebê não precisa mais da mamada dos sonhos é quando ele não acorda mais entre a última amamentação e o início da manhã. Isto é, consegue dormir durante toda a noite. 

Entretanto, isso geralmente acontece com bebê com mais de oito meses. Vale lembrar também que quando o pequeno passa pelos chamados “picos de crescimento”, precisam de mais energia e, consequentemente, mais mamadas. Por isso, é comum que nessas fases eles voltem a acordar mais vezes à noite.

Quanto tempo dura o sono do bebê?

Para entender um pouco mais sobre a média de horas de sono que os bebês dormem, veja a seguir:

0 a 2 meses: acordam de três em três horas durante a noite;

3 a 4 meses: acordam de quatro em quatro horas durante a noite;

4 a 6 meses: dormem até cinco horas seguidas;

6 a 8 meses: conseguem dormir a noite toda (nessa idade o bebê está na fase da introdução alimentar, que pode deixá-lo mais saciado durante a noite);

A partir dos oito meses: não há mais necessidade de amamentação noturna.

Porém, é importante ressaltar que cada bebê possui necessidades diferentes e esses dados são apenas médias e não “regras”.

Como saber se não é a fome que acorda o bebê

Em alguns casos, o bebê acorda durante a madrugada não por estar com fome e, sim, por sentir a falta da mãe e ter a necessidade sucção para voltar a dormir. 

Para perceber se esse é o caso do seu filho, veja se ele demora a voltar a pegar no sono depois que mama. Afinal, bebês que acordam somente por conta da fome voltam a dormir logo após se sentirem saciados. 

Outra dica é perceber se apenas com um pouco de colo ele consegue voltar a dormir. Se sim, é o caso de não estar com fome, mas com saudade da mamãe. 

Assim, a dica para driblar essa situação é a mãe oferecer bastante estímulos durante o dia e, à noite, diminuir essas interações. Logo antes de dormir, o bebê pode ficar mais com o pai ou com outros membros da família. Contudo, levará tempo para ele se acostumar. 

Por fim, como dito anteriormente, cada bebê tem suas características. Por isso, tire suas duvidas com o pediatra. Ele terá orientações mais adequadas para o seu caso.

Agora, nos conte o que achou do nosso conteúdo. Também nos siga nas redes sociais para ficar por dentro de tudo do mundo da maternidade. 

0 Gostei
0 Não gostei

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *